Segunda-feira, 9 de Fevereiro de 2009

Procurou a t-shirt, encontrando-a no chão com poucas condições de voltar a ser vestida. A cabeça palpitava, e quando se baixou ameaçou explodir. Os amigos, preocupados, viam que ele não estava bem.

-Sabes que andas a exagerar um pouco... - disse um.

-Devias ter mais controlo... - disse outro.

Ele não respondeu, concentrado no casaco que aparentava não ter mangas. Eles não percebiam nada, não estavam na situação dele. O homem que lhe deu sentido à vida tinha partido, a mãe nem parecia preocupar-se, tinha-se casado com um empresário atarracado e arrogante. Se Pedro devia o que sabia a alguém, era ao pai. Desde muito novo tinha contacto com a música, os primeiros acordes na guitarra tinha-os dado com cinco aninhos, sabia tocar piano e podia-se gabar de ter conhecido excelentes músicos. O seu pai descobriu que tinha um cancro quando Pedro tinha 10 anos, e pouco antes do 11º aniversário morreu, para choque de todos, visto ter guardado segredo.

"Nunca conheci ninguém que soubesse tão bem o que era a vida." , afirmou um dos seus grandes amigos.

De facto, assim era. Pedro era filho de uma relação problemática, fruto de uma noite imprudente. A mãe, era, literalmente, uma vadia, por quem o pai se apaixonou, e não foi correspondido, mas sim cobiçado. A sua fortuna e fama enquanto guitarrista de uma banda popular levaram-no a um casamento infeliz, mas que, mesmo assim, lhe deu algo de positivo: o filho.

O filho que agora calçava as sapatilhas ao contrário com os olhos vermelhos e semicerrados. O filho que se perdera no mundo.

 

*



publicado por Caff Eine às 19:48 | link do post | comentar

1 comentário:
De T* a 10 de Fevereiro de 2009 às 21:29
Ok, miúda tou a adorar... mas, já que disseste pra dar sugestões e assim... eu vi ali três coisinhas (espero que não te importes)
~> a primeira coisa é que dizes 2 vezes numa frase curta "bem" e isso não soa bem :'D
Passo a citá-la "Os amigos, preocupados, viam bem que ele não estava bem."
~> a segunda coisa é quando dizes "Mas aos 10 anos o pai descobriu que tinha um cancro, e pouco antes do 11º aniversário morreu..." Acho que dás a entender que o pai é que tinha 10 anos ... :x
~> a terceira coisa é buéé pequenina "enquanto guitarrista e uma banda popular" - falta ali um "d"

Desculpa lá, mas só achei que devia... ajudar. Sei lá. Não leves a mal ^^'
<3


Comentar post

mais sobre mim
Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

#3

cenas de aeroporto

the kills

blog fantasma

cinco minutos

...

The Tale XIII

uma migalha daqui, uma mi...

Dimanche, Dimanche

The Tale XII

arquivos

Setembro 2011

Janeiro 2011

Agosto 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

tags

5 para a meia noite laranja haiti profes

café vagabundo música moda saldos autoca

concerto

domingo franz ferdinand preguiça

drama novela rapaz the tale

euromilhões música dinheiro paris whatev

férias caos desculpa

música

música filme livro comida mulher mês gos

música the kills jamie hince alison moss

pedro cancro guitarra tale conto

pedro marco tale conto

pessoal

prémio

selo prémio

tramp arriscar risk aventura mentira

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds